Home GamesBoard Games D&D Live 2020 – Baldur’s Gate 3, Icewind Dale e muito RPG!

D&D Live 2020 – Baldur’s Gate 3, Icewind Dale e muito RPG!

by Wagner Alves Santa Rita
0 Comentário 113 Visualizações

Entre 18 e 20 junho, aconteceu o D&D LIVE Roll w/ Advantage (Role com vantagem), evento promovido pela Wizards of the Coast que acontece anualmente, onde é possível ver novidades sobre Dungeons & Dragons, além de acompanhar diversas mesas com pessoas já conhecidas do ramo e para apresentar para novos jogadores. Durante o evento deste ano, alguns dos destaques foram a revelação do gameplay de Baldur’s Gate 3, um novo produto na linha D&D, Icewind Dale: Rime of the Frostmaiden, conversas importantes sobre ajuda aos necessitados e racismo no RPG, além de muito roleplay!

 

Baldur’s Gate 3

O evento já começou bem, com uma apresentação inédita da jogabilidade do Baldur’s Gate 3. Com produtores que participaram da série de jogos Divinity: Original Sin, participando nesse novo título da franquia Baldur’s Gate, que começou em 1998, foi possível acompanhar um pouco da inspiração da outra série nesse novo jogo. Os detalhes que mais gostei foram as liberdades de escolha, tanto em batalha quanto nas conversas e na escolha de como prosseguir a narrativa, e como eles conseguiram integrar mecânicas do jogo físico ao digital, passando uma sensação agradável de familiaridade. Você pode acompanhar toda a apresentação nesse vídeo.

Icewind Dale: Rime of the Frostmaiden

Logo em seguida foi apresentado o novo produto na linha de D&D, Icewind Dale: Rime of the Frostmaiden. Icewind Dale é uma região de tundra ártica, que ficou conhecida como a região explorável mais ao norte de Faerûn (mundo de Forgotten Realms). Os livros do R. A. Salvatore foram os que fizeram essa área ser parte de Faerûn, sendo o primeiro a apresentar a região ser o The Cristal Shard, lançado em 1988, e no ano de 2000 foi lançado um jogo de RPG que era ambientado na região, também chamado Icewind Dale.

Essa nova aventura virá com um tema mais focado no terror e no suspense, explorando uma maneira de jogar D&D pouco aproveitada. Outro destaque é que a narrativa poderá ser usada de forma linear, contando uma história de forma mais cinemática, ou de maneira mais aberta, dando mais liberdade aos jogadores de interverem na progressão da narrativa. Além disso, estarão disponíveis mais de 50 novos monstros, além de uma nova deusa, Frostmaiden, que poderá tomar diversas formas ao se apresentar para os jogadores. Esse novo produto será lançado nos Estados Unidos no dia 15 de setembro. Você pode acompanhar o anúncio e as explicações sobre ele nesse vídeo.

 

Red Nose e o painel #BLACKAF

Além disso tiveram momentos mais sérios e importantes durante o evento. Primeiro uma conversa com Nathan Stewart sobre o Red Nose Day, promovido pela Red Nose, uma organização com o intuito de acabar com a pobreza infantil. Além disso a Wizards havia anunciado que igualaria as doações feitas durante o evento, até o valor de 250 mil dólares, para à campanha. Você pode acompanhar a conversa que eles tiveram sobre o projeto nesse vídeo em seguida.

 

Outro momento importante foi um painel onde jogadores discutiram, aproveitando o momento social nos Estados Unidos, sobre como é o racismo no meio do RPG, além de maneiras para deixar o hobby mais inclusivo e saudável. Você pode acompanhar a conversa nesse vídeo.

 

Mesas de RPG

E claro, além disso tiveram diversos grupos jogando durante esses 3 dias, e  a maioria dos jogos tentou juntar pessoas já familiarizadas ao hobby com iniciantes que estavam tentando pela primeira vez. Fora que todas as mesas tentaram abordar um pouco o cenário  recém anunciado, Icewind Dale, para apresentar regiões, monstros e características que estarão presentes no novo produto.

Você consegue ver a lista das mesas que aconteceram direto no site da Wizards, além de acompanhar, caso queira, cada uma delas. Mas eu gostaria de destacar uma mesa que aconteceu no dia 20, Cast of Thrones, que teve como DM (Dungeon Master) a Kate Welch, e os jogadores eram atores da série Game of Thrones, como Iwan Rheon (que interpretou Ramsay Bolton), Kristian Nairn (que interpretou Hodor) e a Gemma Whelan (que interpretou Yara Greyjoy, e que para mim foi o destaque do jogo). Você pode acompanhar essa mesa nesse vídeo.

 

E esses foram os destaques da D&D Live de 2020. Qual foi o que você mais curtiu? Gostaria que a Galápagos anunciasse essa aventura nova para cá também? Conte para a gente nos comentários abaixo.

 

E se não é inscrito em nosso canal se inscreva aqui, e siga nossas redes sociais e assine nosso NEWSLETTER para ficar por dentro dos próximos posts.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário